Turismo no interior da França: que regiões visitar?

Paris é a cidade que mais recebe turistas no mundo e realmente existem milhares de motivos para visitar a cidade luz. Mas a capital da França é apenas um dos inúmeros destinos interessantes que este país abriga. Andar pelo interior é se embrenhar em um mundo bem diferente da capital, por vezes mais sóbrio, por vezes mais caloroso. E é preciso dizer que o interior da França tem destino para todos os gostos e bolsos. De cidades minúsculas a grandes centros regionais, de praia a montanha, passando por florestas, de rastros medievais a marcas da 2a Guerra Mundial, é possível encontrar de tudo um pouco.

Régions_de_France_2016.svg

No ano passado, a França passou por uma reforma administrativa que diminuiu o número de regiões do país. O mapa acima mostra quais são as 13 divisões regionais atuais. A partir delas vamos tentar apontar alguns dos principais destinos turísticos.

Perto de Paris

Imagem: divulgação

Imagem: divulgação

Paris está situada na região chamada de Île-de-France. Existem muitos passeios de apenas um dia que partem para três outras regiões: Val du Loire, Normandie et Champagne. O Val du Loire é conhecido pelas centenas de castelos que existem na região. Há passeios para um castelo apenas, para vários castelos e até passeios de bicicleta por lá. Já os passeios que saem para a Normandia geralmente vão para Giverny, onde fica a casa de Monet, com seus encantadores jardins. Existem ainda outras cidades que formam o roteiro impressionista da região. Também há passeios que saem em direção ao Mont Saint-Michel, na baixa normandia. Já em Champagne, o destino mais comum é a cidade de Reims, que concentra várias caves produtoras de champagne e também tem uma igreja linda com vitrais de Marc Chagall.

Estas três regiões têm muitas outras coisas para conhecer e certamente merecem mais dias de visita, mas se tiver pouco tempo e quiser sair um pouco de Paris, pode ser uma opção.

Provence e Côte-d’Azur

Imagem: divulgação

No sudeste da França estão duas regiões muito procuradas, sobretudo na primavera e no verão. A Provence é conhecida pelos lindos e cheirosos campos de lavanda, enquanto a Côte-d’Azur fica no litoral e conta com maravilhosas praias mediterrâneas (como Nice, Saint-Tropez, Cassis e Cannes). Certamente a melhor época para visitar essas duas regiões é nos meses quentes e é bom considerar que as lavandas geralmente começam a florescer em meados de junho. Na altíssima temporada, no entanto, dizem que os congestionamentos são gigantes e dificultam a mobilidade por lá.

Vinhos

Imagem: divulgação

A região de Bordeaux é conhecida por ser a maior produtora de vinhos da França. A cidade fica no sudoeste do país, na região Aquitaine. Além da cidade em si, há muitas vinícolas em volta dela e também a pequena cidade de Saint-Emilion, que concentra uma enormidade de caves. A região do Périgord, que tem muitas remanescências medievais e pré-históricas, além de uma beleza natural incomum também fica na Aquitaine. Ah, não podemos deixar de registrar que é dessa região de onde vem o Foie Gras e outras especialidades que têm o pato como base.

Montanhas e estações de ski

Imagem: divulgação

Há várias regiões montanhosas na França. Os famosos alpes ficam na divisa do país com a Suiça e a Itália. Enquanto os Pirineus marcam a fronteira com a Espanha. Ski tende a ser um esporte caro, mas é possível fugir das cidades mais badaladas (que geralmente ficam lotadas no inverno) e encontrar destinos mais em conta.

Alsácia e a influência alemã

Imagem: divulgação

No nordeste da França está a charmosa região da Alsácia. A cidade referência é Strasbourg, que recebe muitos visitantes no inverno em função do seu famoso mercado de natal. Mas também na primavera e verão há atrações, como a pequena Colmar, que tem flores por todos os lados.

Este é apenas um apanhado das principais regiões turísticas da França, mas sim, há outras (como a Bretanha e a Borgonha) que são tão interessantes quanto. Além disso, procurei focar nas regiões e suas características, mais do que nas cidades em si. O maior objetivo é mesmo mostrar o quanto a França é diversa e vale ser conhecida além de Paris. Espero ter te inspirado a conhecer ainda mais este país encantador.

3 comentários sobre “Turismo no interior da França: que regiões visitar?

  1. Maria d´Abadia Oliveira

    Vou comemorar meu aniversário na França e quero conhecer o interior. Já conheço o Vale do Loire e Bordeaux. Adorei. Aceito sugestões
    Abraços obrigada

    1. Nina Santos Autor da Postagem

      Oi Maria,

      Muito obrigada pelo seu comentário e que legal vir comemorar o aniversário na França! 🙂
      O interior da França é belíssimo. A região da Provence é belíssima, cheia de cidades esculpidas na pedra e campos de lavanda incríveis. A visita vale mais a pena na primavera e no começo do verão (final de junho, começo de julho) quando as lavandas estão floridas. A Normandia, que fica ao norte também é muito legal, com várias cidades portuárias e muita coisa de arte impressionista. Se quiser fazer algo pertinho de Paris, recomendo a região de Champagne, que fica a 1h30 da capital e também 2 super linda.

      Espero que a comemoração seja maravilhosa!

      Beijos

  2. Luisa

    Oi adorei sua postagem!
    Viajo em março de 2018 em lua de mel e gostaria de fazer o roteiro Paris e rota de vinhos nessas cidades do interior da França. Sei que em março ainda é final do inverno e gostaria de saber se as vinícolas estarão abertas. Será que Provence já começa a florecer os campos de lavanda?
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *