Dicas de três passeios em Brasília

Andar na esplanada dos ministérios

Brasília definitivamente não é uma cidade para pedestres, mas vale fazer o esforço de caminhar pela esplanada dos ministérios. Comece pelo Museu Nacional (também conhecido como Museu do Ovo), projetado porOscar Niemeyer. Não importa a exposição, ele vale uma visita interna, é belíssimo. Daí siga para a Catedral, projeto desse mesmo arquiteto, e além de contemplar a construção, não esqueça de brincar com as paredes. Pelo seu formato, elas trasmitem sons, então a brincadeira é ficar em uma extremidade da parede e ter um outro amigo do outro lado, assim vocês podem trocar mensagens. Daí siga pelos ministérios aproveitando pra observar a organização peculiar dessa cidade.

Siga até o Itamaraty e faça a visita guiada oferecida gratuitamente por eles. O palácio é belíssimo internamente e ainda deixa aquele gostinho de estar pertinho do poder. Daí o Congresso já está pertinho e também merece uma visita.  Nessa região, o que merece visita também é a praça dos três poderes e o Palácio do Planalto. Do Congresso até lá não é longe, mas pode ser um pouco cansativo.

Subir na Torre de Televisão

Outro passeio que vale muito a pena é ir à Torre de Televisão, que fica bem perto da esplanada, para ver a cidade de cima. A subida é gratuita e permite uma bela vista de Brasília. Aí sim é possível o ver a forma de avião em que o urbanista Lúcio Costa se inspirou para projetar a cidade. Na descida ainda vale dar uma passada na feirinha da torre, que acontece todos os dias, mas tem mais opções no final de semana.

Centro Cultural Banco do Brasil

Além de ser um espaço cultural que geralmente tem excelentes programações, o CCBB de Brasília vale a visita só pela sua estrutura e localização. O prédio é super agradável e conta com uma pequena livraria e um restaurante. Do seu jardim é possível ver a ponte JK. Tudo bem que a vista não é de pertinho, mas ela está bem enquadrada entre as árvores do jardim do CCBB. A dica para ir ao Centro, que fica um pouco afastado do centro, é o ônibus próprio deles que faz, gratuitamente, a ligação entre o plano piloto (inclusive com paradas nos setores hoteleiros) e o centro cultural.

Brasília tem muito mais coisas para se fazer, mas essas são, sem dúvida, três dicas imperdíveis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *